Faculdade de Educação realiza evento sobre formação docente na América Latina


quadro negro

O Programa de Doutorado Latino-Americano em Educação, Políticas Públicas e Profissão Docente da Faculdade de Educação (Fae) promove, no dia 26 de novembro, uma mesa-redonda sobre formação docente na América Latina. O evento acontece das 14h às 17h, na sala 402 da Fae.

Sob a coordenação da professora Magaly Robalino, do Equador, a mesa-redonda terá participação dos professores Rosa Maria Torres Hernandes (México), Margie Nohemy Jessup Caceres (Colômbia) e Carlos del Valle Rojas (Chile).

Cada professor apresentará um panorama das condições de trabalho docente em seus países, destacando as políticas de formação e as fragilidades comuns relativas à profissão no cenário latino-americano. Após a apresentação, será aberto um painel de perguntas.

A atividade e gratuita e dispensa inscrição prévia. O Programa Latino-Americano de Doutorado em Educação é desenvolvido no âmbito do Acordo Internacional de Cooperação Acadêmica Interinstitucional, firmado entre a Unesco, a Rede Kipus e dez universidades latino-americanas, entre elas a UFMG, onde o curso é oferecido desde 2009.

Outras informações pelo telefone (31) 3409-6372.

Fonte: https://www.ufmg.br/online/arquivos/030994.shtml

LEIA TAMBÉM:

Seminário “Gestão Urbana Sustentável – Mobilidade, Consumo e Descarte Consciente”, nos dias 21 e 22 de novembro de 2013


img_meio_ambiente

Evento em Santa Maria (RS) foca inteligência em gestão logística e de resíduos da saúde, entre outros temas.

O que está sendo feito para tornar nossas cidades mais sustentáveis? Para provocar a sociedade a responder esta importante questão, a Associação TodaVida, juntamente com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), está promovendo o Seminário “Gestão Urbana Sustentável – Mobilidade, Consumo e Descarte Consciente”, nos dias 21 e 22 de novembro de 2013, na cidade de Santa Maria (RS). A ideia é colocar em pauta esse assunto, que é de interesse público, mas acaba ficando apenas nas agendas de prefeituras, arquitetos e urbanistas, consultores ambientais e demais envolvidos na área.

O seminário é aberto a estudantes, professores, pesquisadores, técnicos ambientais, gestores públicos, empresários e atores das mais diversas áreas.

Outro tema que o evento vai abordar é a questão do consumo e descarte consciente, com a escolha das empresas fornecedoras em razão da sua responsabilidade socioambiental.

A entrada para acompanhar o seminário é franca e as inscrições podem ser feitas pelo link http://zip.net/bkldKp.

 Seminário “Gestão Urbana Sustentável – Mobilidade, Consumo e Descarte Consciente”

Quando: Dias 21 e 22 de novembro de 2013

Local: Auditório Pércio Reis – Centro de Tecnologia/UFSM, Campus da UFSM – Santa Maria (RS)

Inscrições: Pelo link http://zip.net/bkldKp.

Fonte: http://www3.ethos.org.br/cedoc/gestao-urbana-sustentavel-em-debate-no-rs/#.UoytO0ZTsdU

Congresso internacional na ECA/USP debate ativismo organizado na internet


Sociedade, Vândalos e seus prejuízos

Izabel Leão / Jornal da USP

Como as tecnologias interativas, o acesso aos bancos de dados e a possibilidade de divulgação do conteúdo por todo e qualquer indivíduo estão ajudando a desenvolver formas colaborativas de ativismo no mundo. Esse foi um dos temas discutidos durante o 1º Congresso Internacional de Net-Ativismo, que aconteceu na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP entre os dias 6 e 8 de novembro. O evento reuniu pesquisadores como Pierre Lévy, Michel Maffesoli, José Bragança de Miranda, Alberto Abruzzese e Massimo Di Felice.

Di Felice, professor da ECA, pesquisador da Atopos – rede internacional de pesquisadores de diversos países que investigam o impacto das tecnologias digitais na sociedade –, observou que, apesar das relações com movimentos sociais tradicionais, o net-ativismo possui algumas características muito particulares do seu tempo.

Net-ativismo são ações colaborativas e novas formas de participação em redes digitais, das quais, segundo Di Felice, as manifestações ocorridas no Brasil, em junho, são um exemplo que será analisado por muitos anos e estarão presentes em diversos manuais de comunicação como um novo paradigma. [...]

Saiba mais em http://www5.usp.br/36407/congresso-internacional-na-eca-debate-ativismo-organizado-na-internet/

UFRJ: PR4 promove o I Seminário Identidade e Raça


Logo UFRJ

ASSESSORIA DE IMPRENSA – GABINETE DO REITOR / Edição: Laura Barbosa, com informações do site da PR-4  

A Pró-Reitoria de Pessoal (PR4) da UFRJ realiza entre os dias 26 e 29/11 o 1º Seminário Identidade e Raça da PR-4, no Auditório do Bloco A do Centro de Tecnologia – CT – Cidade Universitária.

O seminário tem o objetivo de promover o debate sobre questões como ações afirmativas, gênero e raça e o ensino de História da África no Brasil, levando à reflexão e informando possíveis saídas para os dilemas envolvidos nos temas.   Além disso, o evento pretende dar visibilidade aos resultados do compromisso da UFRJ com ações para o ingresso e permanência de alunos provenientes de famílias de baixa renda, após a resolução 10/2010, e mapear ocorrências de casos de discriminação na universidade.   Dividido em quatro dias, o 1º Seminário Identidade e Raça conta com palestras e exibição de vídeos e é voltado aos servidores técnicos-administrativos em educação, docentes e alunos, além de servidores e estudantes de outras universidades públicas, funcionários e estudantes de universidades privadas e movimentos sociais. [...]

Saiba mais em http://www.ufrj.br/mostranoticia.php?noticia=14535_PR-promove-o-I-Seminario-Identidade-e-Raca.html

UFMG: Pesquisadora americana faz palestra sobre saúde global


_solidariedade

Na segunda-feira, 18 de novembro, a Faculdade de Medicina vai receber Marilyn DeLuca, professora da New York University que aborda a força de trabalho em saúde e discute o equilíbrio entre a saúde global e a disponibilidade de trabalhadores para o setor. A má distribuição dos profissionais de saúde no globo gera escassez em diversas regiões.

A conferência será realizada às 8h, no Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (Nescon), localizado na Faculdade de Medicina (Avenida Alfredo Balena, 190, 7º andar).
O evento, que contará com tradução simultânea, será gratuito e dispensa inscrição prévia. Mais informações pelo telefone (31) 3409-9790. [...]

Saiba mais em https://www.ufmg.br/online/arquivos/030915.shtml

17º Festival do Filme Documentário e Etnográfico Fórum de Antropologia e Cinema – 21/11 a 1º/12/2013


thumb_forumdoc2013Manifestações, rituais e outros fenômenos que envolvem as relações entre os homens em grandes áreas urbanas ou em comunidades alheias à cultura ocidental compõem o universo apreendido pelos documentários que integram a programação de um dos mais tradicionais festivais de filmes etnográficos do país, o forumdoc.bh, cuja 17ª edição será realizada de 21 de novembro a 1º de dezembro em Belo Horizonte. A iniciativa é uma parceria entre a UFMG e a Associação Filmes de Quintal. [...]

Saiba mais em https://www.ufmg.br/online/arquivos/030943.shtml

ou

http://www.forumdoc.org.br/

UFU: Abertas as inscrições do 2º Fórum da Residência Multiprofissional e em área Profissional da Saúde


logo2

Assessoria de Imprensa HC-UFU

Estão abertas as inscrições para o II Fórum da Residência Multiprofissional em Saúde da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) que será realizado de 28 a 30 de novembro, no Anfiteatro do Bloco 8C, campus Umuarama. As inscrições podem ser feitas pelo endereço eletrônico www.frm.famed.ufu.br 

Com o tema Residência Multiprofissional em Saúde: adequação da formação e valorização profissional para operar os desafios do SUS, o evento tem a finalidade de apresentar, debater, analisar e divulgar as experiências bem sucedidas e os avanços da Residência Multiprofissional em Saúde do país, inclusive da Universidade Federal de Uberlândia-MG.

A programação prevê mesas redondas, apresentação de trabalhos, oficinas e minicursos. 

Outras informações podem ser encontradas na página do fórum www.frm.famed.ufu.br 

CONVIT~1

Fonte: http://www.dirco.ufu.br/node/5328

GECLIPS/UFU: Reunião sobre Infância hospitalizada acontece na segunda-feira (18/11)


dodoi1

Aline Pires (Estagiária de Graduação)

Apresentar experiências de cuidado à criança hospitalizada e discutir as consequências da hospitalização na vida destes pacientes e de sua família. Esta é a proposta da reunião que acontece na segunda-feira (18/11). A atividade, realizada mensalmente, é uma promoção do Grupo de Estudo sobre a criança e sua linguagem na clínica psicanalítica (GECLIPS) e, desta vez, terá como tema “A infância hospitalizada”.

As inscrições gratuitas são abertas ao público e devem ser feitas no local do evento. A reunião acontece no Anfiteatro C, do bloco 5R, no Campus Santa Mônica, às 19 horas.

O debate contará com a presença de dois articuladores: o psicólogo e coordenador do Projeto Apoio Pedagógico, Artístico e Cultural na Pediatria do Hospital do Câncer da UFU, Leonardo Almeida e da psicóloga e membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana, Adriana Capparelli.

Fonte: http://www.dirco.ufu.br/node/5340

O Centro de Documentação e Pesquisa em História (CDHIS) da UFU apresenta “Café das Quatro” ao som de cantoras do rádio


RAINHA~1

Cíntia Sousa (Estagiária de graduação)

O Centro de Documentação e Pesquisa em História (CDHIS) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) realiza, no dia 29 de novembro, às 16h, o “Café das Quatro” ao som das cantoras de rádio Linda Batista, Elen de Lima, Carminha Mascarenhas e Carmem Miranda. Para participar é preciso retirar gratuitamente os convites na secretaria do CDHIS, no Bloco 1Q, Campus Santa Mônica, ou reservá-los pelos telefones 3239-4236/3239-4501. Os convites são limitados e o horário para retirada é das 9h às 11h ou das 13h às 17h.

O “Café das Quatro” faz parte da exposição “Vozes femininas: O CDHIS e a ‘Era de Ouro do rádio’ (1930-1960)”, que destaca as trajetórias das “Rainhas do Rádio”, como Marlene, Dalva de Oliveira, Emilinha Borba, Ângela Maria, dentre outras cantoras. 

“Vozes Femininas” tem entrada gratuita e está aberta de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 17h. A exposição permanece até 30 de novembro no CDHIS. As visitas devem ser agendadas pelos telefones (34) 3239-4236/3239-4501 ou pelo e-mail: cdhis@ufu.br.

Fonte: http://www.dirco.ufu.br/node/5353

Fifa vai pedir que Brasil pague parte da conta por antidoping da Copa


brasil futebol arte

Das agências internacionais /  Em Johanesburgo (África do Sul)

O Brasil deverá pagar parte dos gastos com o controle antidoping da Copa do Mundo de 2014. De acordo com informações da imprensa europeia nesta quarta-feira, a entidade vai solicitar que o país arque com alguns custos das amostras que serão enviadas para a Suíça para análise.

A decisão foi tomada após a Fifa constatar que não vai utilizar os serviços do laboratório do Rio de Janeiro, já que a Agência Mundial Antidoping (Wada)  descredenciar, em agosto, LADETEC (Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem), no Rio de Janeiro.

“Negociamos com o Governo brasileiro para que contribua economicamente, porque o descredenciamento do laboratório carioca não é culpa da Fifa”, disse Jiri Dvorak, chefe do departamento médico da entidade. [...]

Leia a matéria completa em http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/11/13/fifa-vai-pedir-que-brasil-pague-parte-da-conta-por-antidoping-da-copa.htm

Café Controverso debate “Políticas culturais: Quem faz, quem participa?“


Café Controverso - Políticas Culturais - 16-11

As políticas culturais podem ser entendidas como o conjunto de iniciativas que visam fomentar a produção, o incentivo e a preservação de bens e manifestações culturais. Apesar dos mecanismos de fomento do Estado e patrocínios das empresas, via incentivo fiscal, a maior parte das produções e manifestações culturais enfrenta problemas relativos à formação de público, à continuidade de ações e sustentabilidade.

Para debater as questões, são convidadas para o Café do dia 16 de novembro a arquiteta Natacha Silva Araújo Rena e a gestora cultural Maria Helena Cunha. Natacha Rena é também doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, professora da Escola de Arquitetura da UFMG e líder do Grupo de Pesquisa INDISCIPLINAR. Maria Helena Cunha é pesquisadora, consultora, mestre em Educação, especialista em Planejamento e Gestão Cultural, Diretora da Inspire Gestão Cultural e da DUO Editorial, publicou o livro Gestão Cultural: profissão em formação.

Para Maria Helena Cunha, a carreira de gestão cultural no Brasil já avançou muito em termos de formação de profissionais e de reconhecimento, entretanto, ainda há muito no que se avançar. “Precisamos de políticas publicas mais amplas, estruturadas em uma base mais democrática, pensar na capacidade de sustentabilidade do setor até na variedade de recursos. Além disso, a formação dos profissionais da cultura continua sendo um grande desafio” aponta. Maria Helena sublinha, que, apesar do cenário ter se modificado positivamente nos últimos anos, os avanços na área da formação de público ainda estão muito aquém dos progressos da área de produção e gestão cultural. “Para discutir políticas públicas é fundamental pensarmos a formação de público, e, isso só se faz trabalhando aliado à educação. É importante lembrar que formação de público não é só produzir eventos gratuitos. Isso também faz parte, mas o processo vai muito além de dar a oportunidade de assistir a um espetáculo… Tem a ver com a formação de hábitos: de ler, ver um filme, ouvir uma música. É aí que a cultura transforma, modifica”, afirma, ressaltando a importância de debater como os produtos culturais chegam ao público, e como esse trabalho pode ser recebido.

Os Cafés do Espaço

Com o intuito de gerar um ambiente de encontro e intercâmbio de informações, o Espaço do Conhecimento UFMG promove atividades aos sábados em seu café, sempre no final da manhã, às 11 horas. O Café Controverso tem a participação de dois convidados com pontos de vista distintos sobre a temática discutida. Já oCafé com Conhecimento é a oportunidade de conhecer e conversar mais sobre um determinado assunto, a partir da contribuição de uma pessoa especializada na questão. Em ambos, o público tem um papel fundamental para a dinâmica das discussões, uma vez que não atua somente como ouvinte, mas como participante ativo. 

Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes através da utilização de recursos tecnológicos e lúdicos. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Espaço do Conhecimento é fruto da parceria entre a operadora TIM, a UFMG e o Governo de Minas. O Espaço conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG e com o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – CODEMIG. 

 

Café Controverso – Políticas Culturais – quem faz, quem participa?

Data:  16 de novembro, 11h

Local: Espaço do Conhecimento UFMG – Circuito Cultural Praça da Liberdade

Entrada Franca

Mais informações: www.espacodoconhecimento.org.br

Fonte: Rogério Dias – Espaço do Conhecimento UFMG

Museu Nacional dos Correios recebe o espetáculo Multifonias


pianorquestra-e-mail

O Museu Nacional dos Correios recebe, no próximo dia 23, o espetáculo Multifonias do grupo PianOrquestra. A união entre o piano, como fonte única dos mais variados sons, e a voz, instrumento de infinitos timbres, é a origem do projeto. O grupo mostra os novos rumos da música instrumental usando elementos cênicos e projeções de imagens.  Novas sonoridades e experiências musicais conquistam o público. Envolvendo quatro pianistas, uma percussionista e um piano preparado, o espetáculo reúne ainda elementos da dança, teatro, artes visuais e tecnologia.

Com luvas, baquetas, palhetas de violão, fios de náilon, sandálias de borracha, peças de metal, madeira, tecido e plástico, o PianOrquestra explora as infinitas possibilidades de timbres e sonoridades produzidos pelo piano, transformando o instrumento em sua própria orquestra. O objetivo deste trabalho é facilitar a comunicação com todas as etnias, classes sociais, gêneros e faixas etárias.

O repertório é muito familiar ao público, vai do afoxé ao samba, passando por maracatu, ciranda. Entre alguns compositores que foram selecionados pelo PianOrquestra, Ernesto Nazareth (Nazareth), Gonzaguinha (Recado), Milton Nascimento (Ponta de Areia) e Chico Buarque (Ciranda da Bailarina). O grupo homenageia John Cage e outros compositores contemporâneos. No show o grupo apresenta também obras de Arvo Pärt, György Ligeti, Claudio Santoro e Villa-Lobos. 

REPERTÓRIO:

1.    FÜR ALINA – Arvo Pärt

2.    MUSICA RICERCATA II – György Ligeti

3.    REPENTE  - Claudio Dauelsberg e PianOrquestra

4.    CRAVO E CANELA - Milton Nascimento e Ronaldo Bastos

5.    FREVO  - Priscilla Azevedo

6.    PERK - Claudio Dauelsberg, Gisele Sant’Ana, Maíra Freitas, Marina Spoladore, Masako Tanaka

7.    NAZARETH - Ernesto Nazareth

8.    RECADO – Gonzaguinha. Com participação de  Maíra Freitas

9.    MEDLEY – Sonata n4 (Fantasia), 2o movimento e Estudo n1 – Claudio Santoro

10. MANOEL, O AUDAZ – Toninho Horta

11. PAGODE PREPARADO – paráfrase do trecho da canção “Mulher de Verdade” de Bezerra da Silva e desenvolvimento Claudio Dauelsberg e PianOrquestra

12. LUCY IN THE SKY WITH DIAMONDS – The Beatles, arranjo PianOrquestra( encomenda pelo CPFL)

13. PONTA DE AREIA – Milton Nascimento. Com Participação de Monica Salmaso 

14. Lili Braun – Chico Buarque  – Com Participação de Teresa Cristina

15. UVA DE CAMINHÃO – Assis Valente. Com Participação de Mariana Baltar

16. SONATA I – John Cage – faixa bônus

17. SONATA XIV – John Cage – faixa bônus

 

 Espetáculo Multifonias – PianOrquestra 

Direção Artística – Cláudio Dauelsberg

Participações especiais – Mariana Baltar e Maíra Freitas 

Data: 23 de novembro de 2013

Local: Museu Nacional dos Correios

Endereço: Setor Comercial Sul, quadra 4, bloco A, n° 256, ed. Apolo, Asa Sul. Brasília/DF

Horário: terça a sexta-feira, de 10h às 19h. Sábados, domingos e feriados, de 12h às 18h.

Informações: (61) 3213-5076 - museu@correios.com.br

Entrada Gratuita – Senhas distribuídas uma hora antes do espetáculo.

Classificação: livre

 Fonte: Marta Ribeiro de Souza – assessora de imprensa do Departamento de Gestão Cultural dos Correios 

Com apoio do UNIC Rio, Mostra Livre Cinemão exibe filmes em comunidades do Rio a partir do dia 17


mostra_livre_cinemao_03

Com apoio do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), o Veículo de Ocupação Tática da Cultura vai neste mês de novembro às comunidades cariocas Mineira/São Carlos, Formiga e Barreira do Vasco com a “Mostra Livre Cinemão”.

Desde o início do ano, o Projeto Cinemão leva o cinema brasileiro às comunidades pacificadas de forma gratuita. A iniciativa já exibiu 112 filmes independentes e é a principal janela do cinema brasileiro em espaços públicos e populares do Rio de Janeiro.

Este mês, o Cinemão exibirá filmes inéditos e outros premiados, entre eles, o longa “Cidade de Deus – 10 anos depois”, dirigido por Cavi Borges e Luciano Vidigal e o curta “A galinha que burlou o sistema”, dirigido por Quico Meireles, filho do consagrado diretor Fernando Meireles. [...]

Saiba mais em http://www.onu.org.br/com-apoio-do-unic-rio-mostra-livre-cinemao-exibe-filmes-em-comunidades-do-rio-a-partir-do-dia-17/

ONU marca Dia da Consciência Negra com show gratuito e exposição no Rio de Janeiro


encontro_africas

Em apoio à campanha para que os Estados-membros das Nações Unidas aprovem a Década Internacional de Afrodescendentes – movimento defendido pelo Brasil – o Centro de Informação das Nações Unidas no país (UNIC Rio) promove o “Encontro das Áfricas”. O evento será realizado em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, no Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro, a partir das 19 horas, com entrada gratuita. [...]

Saiba mais em http://www.onu.org.br/onu-marca-dia-da-consciencia-negra-com-show-gratuito-e-exposicao-no-rio-de-janeiro/

Soul do Morro homenageia os 70 Anos de Gerson King Combo


eflyer - Soul do Morro

Noite de celebração conta com a presença de um dos maiores nomes da música negra no Brasil

Em sua segunda edição o Soul do Morro, projeto capitaneado pelos DJs Jahnu, Thiagão, Xeréu e Yuga, homenageia um dos maiores ícones da música negra no Brasil: Gerson King Combo! A festa acontece no dia 14 de novembro, a partir das 22h00, na Quadra do GRES Cidade Jardim – Rua do Mercado, 150 – e conta ainda com as participações de Flávio Renegado, Cubanito (Black Sonora), Zaika dos Santos, DJ Black Josie e, claro, o próprio Gerson King Combo em pessoa, todos acompanhados pelo groove da banda Bantu Black. A celebração marca os 70 anos de vida do artista, entre os quais 50 são dedicados à música.

Referência black

 “O Gerson é o nosso James Brown”, afirma com veemência o DJ Yuga, um dos responsáveis pela organização do evento. A comparação com o mestre do funk tem suas razões. Influência para representantes de gêneros como o rap, o soul e o funk carioca, Gerson Cortes (seu nome de batismo) foi integrante da banda Renato e Seus Blue Caps, dançarino no programa Jovem Guarda, de Roberto e Erasmo Carlos, um dos fundadores da Banda Black Rio e acompanhou Wilson Simonal em turnês internacionais. Mas foi sob a alcunha de Gerson King Combo (em homenagem à banda King Curtis Combo), que ele se tornou uma das principais referências do movimento soul no país. Autor de clássicos como “Os dez mandamentos Blacks” e “Funk Brother Soul”, King Combo foi regravado pela banda mineira Berimbrown, sampleado pelos brazilieneses do Câmbio Negro além de ser constantemente referenciado por um sem número de artistas em todo o país, incluindo nomes como Marcelo D2, Paula Lima e B Negão.

Soul do Morro: “na subida do morro é diferente”

Essa é a segunda edição do Soul do Morro, festa inspirada nos tradicionais bailes blacks dos anos 70 que, anteriormente, homenageou outro ícone do funk, o velho “síndico” Tim Maia. O projeto surgiu a partir da junção entre Black Broder e Original Sundays, duas das principais festas dedicadas à Black Music em Belo Horizonte. Enquanto a primeira bebe da fonte do funk, soul e suas variações, a segunda tem inspiração na cultura jamaicana do Sound System e ambas, por consequência, trazem forte relação com o hip-hop. A ideia da junção dos dois projetos em uma noite especial não é por acaso, e reforça as afinidades evidentes entre as duas propostas. A exemplo da festa anterior, a noite reúne artistas de linguagens distintas, mas todos sob o prisma da música negra. 

Convidados especiais:

Flávio Renegado

Um dos trabalhos mais emblemáticos da atual cena mineira, Renegado agrega diversas sonoridades ao seu rap e já dividiu palcos com artistas como Bebel Gilberto, Rogério Flausino, Aline Calixto, Otto e Fernando Catatau.

Cubanito

O músico e mestre de cerimônia Rubem “Cubanito” Santillana faz a ponte entre o hip-hop e a sonoridade musical cubana. Além de integrante da Black Sonora ele faz parte de projetos como o Orquestra Cabaré, ao lado de outros artistas da capital mineira.

Zaika dos Santos

A cidade e o universo urbano são as principais fontes de inspiração da artista, que valoriza as diversidades sonoras da música contemporânea e mescla com as formas tradicionais, trazendo em suas composições referências da simbologia africana Adinkra, símbolos que representam provérbios e aforismos que refletem um sistema de valores humanos e universais como: • Família, integridade, tolerância, harmonia, amor, determinação, entre outros.

Black Josie

O sucesso dessa jovem DJ nas pistas é resultado de pesquisa intensa sobre a produção de “Música Preta Brasileira”, termo alusivo à sigla MPB – Música Popular Brasileira –, utilizado pela cantora Sandra de Sá para designar a “Black Music” feita no Brasil. Black Josie transita com desenvoltura pelo universo dos bailes, com um set que traz referências setentistas e atuais.

Bantu Black

Com o objetivo de aliar a música instrumental com a linguagem negra do Funk e do Soul, o Bantu Black traz no seu repertório releituras do Movimento Black dos anos 70 e da atualidade. A banda dará o tom da noite acompanhando o mestre Gerson King Combo e os demais convidados. 

Soul do Morro homenageia Gerson King Combo

Data:14/11/2013

Local: Escola de Samba Cidade Jardim

Endereço: Rua do Mercado 150 – Cidade Jardim

Ingressos: SYMPLA: www.sympla.com.br/souldomorro

https://www.facebook.com/souldomorro

Fonte: Rogério Dias / Assessoria de Imprensa: Aclive Comunicação e Projetos

Vinicius de Moraes é homenageado em espetáculo em NY


Infinite While It Lasts_poster

Boa tarde, 

O único grupo de teatro aqui de Nova York, Grupo .BR, está fazendo uma peça em homenagem ao Vinicius de Moraes, em comemoração ao seu centenário. Infinito Enquanto Dure é o nome do espetáculo.  

A estreia está marcada para o dia 14 de novembro. A produção transforma a poesia, textos e músicas de Vinicius em uma narrativa de cenas teatrais, danças e canções executadas por músicos ao vivo. Encenado em Português com legendas em inglês, a peça explora muitas fases do amor e como mergulhar nessas fases nos permite viver plenamente. 

O estilista Geová Rodrigues, cujas coleções já foram apresentadas na Nova York Fashion Week, assina o figurino do espetáculo. 

A Sônia Braga é madrinha do grupo e está apoiando a divulgação da peça por aqui. 

A missão do Grupo .BR é divulgar a cultura brasileira para o público internacional por meio das artes cênicas. O grupo utiliza o teatro físico para apresentar o trabalho dos mais renomados dramaturgos do Brasil. A companhia também tem como objetivo familiarizar o som da língua portuguesa e incorpora legendas em inglês para que os estrangeiros possam entender e se conectar a essas histórias.

Fonte: Larissa Gomes – BlaBlaBla PR Girls

Livro “Escolas de Líderes Sustentáveis” será lançado em São Paulo


Escolas1

Mais importante do que ser sustentável é ser capaz de mobilizar todos à sua volta no esforço por resultados sustentáveis. E é justamente esse o tema do novo livro do jornalista e consultor em sustentabilidade empresarial Ricardo Voltolini.

Baseado em relatos e depoimentos inspiradores de dez presidentes de grandes corporações que adotaram estratégias inteligentes de envolvimento e educação de seus líderes para a sustentabilidade, o livro Escolas de Líderes Sustentáveis (Campus-Elsevier) será lançado em 13 de novembro, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, a partir das 18h30, com a presença do autor para autógrafos. [...]

Saiba mais em http://www3.ethos.org.br/cedoc/livro-escolas-de-lideres-sustentaveis-sera-lancado-em-sao-paulo/#.UoErBkZTsdU

Lançamento do livro Escolas de Líderes Sustentáveis

Editora: Campus-Elsevier

Nº de Páginas: 248

Preço de Capa: R$ 59,90.

NOITE DE AUTÓGRAFOS

Quando: 13 de novembro, a partir das 18h30

Onde: Livraria Cultura – Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073 – São Paulo, SP).

Palestra: “Brincando de bonecas: uma reflexão sobre a polissemia das artes das Áfricas” – Marta Jardim (Sábado, 23 de novembro, às 10:00, entrada gratuita)


Fundação Ema Klabin

Com a perspectiva de salientar as variadas e polissêmicas noções de arte africana, pretende-se comparar a coleção de bonecas africanas da Fundação Ema Klabin com aquela da Killie Campbell Collection, de Durban, África do Sul. Por meio desse contraste, proporemos uma reflexão sobre as particulares formas de apropriação histórica da chamada arte africana. 

Marta Jardim é pesquisadora, colaboradora do Centro de Estudos Africanos da Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique. Pesquisadora CNPQ, Departamento de Antropologia, UNICAMP – Diversidade, Homogeneização e Conflito. Pós-Doc CEBRAP- (FAPESP), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e doutorado em Ciências Sociais- Antropologia pela Universidade Estadual de Campinas. Atua em: Etnografia e História das Práticas Artísticas e das Línguas das Áfricas; reprodução da família; hindus; Sul de Moçambique, (Kwa Zulu Natal) África do Sul.

 Palestra: “Brincando de bonecas: uma reflexão sobre a polissemia das artes das Áfricas”

Marta Jardim

Sábado, 23 de novembro às 10:00.

Entrada gratuita.

Fonte: http://emaklabin.org.br/noticias/palestra-brincando-de-bonecas-uma-reflexao-sobre-a-polissemia-das-artes-das-africas-marta-jardim-sabado-23-de-novembro-as-1000-entrada-gratuita/

Férias divertidas no Inhotim


Inhotim - logo

Na programação especial de férias do Inhotim, adultos e crianças poderão participar de várias ações como atividades lúdicas, visitas temáticas, atividades educacionais e apresentações culturais. Tudo isso, com foco em arte e na conscientização ambiental. 

Durante o mês de dezembro, os visitantes terão a oportunidade de participar de conversas nas galerias, visitas temáticas explorando o acervo botânico e artístico do Instituto e ainda conferir, no dia 7 de dezembro, a partir às 14h30, no Teatro do Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 

Já para as férias de janeiro, o Inhotim está programando a terceira edição da Colônia de Férias Pequenos Propositores. Desenvolvida pelas áreas de Arte e Educação e Educação Ambiental, a proposta é pensar e questionar o espaço do Inhotim através de atividades e brincadeiras enquanto os pais passeiam pelo parque.  Além disso, a programação cultural do Instituto prevê uma apresentação teatral nos dias 18 e 19 de janeiro. Neste final de semana, a Cia de Fiorini de teatro irá apresentar o espetáculo Teatro de Bonecos: Cordel de Papel, às 15 horas, embaixo da árvore Tamboril, no jardim do Inhotim. 

As entradas para o Inhotim custam R$28 (INTEIRA) e R$14 (MEIA) – Estudantes, idosos e funcionários da Vale pagam meia entrada, mediante apresentação de documentação. Os ingressos para a apresentação no Teatro Inhotim serão distribuídos por ordem de chegada, no local, 30 minutos antes do espetáculo. [...]

Veja a programação completa em  http://www.inhotim.org.br/index.php/noticia/view/854