Soul do Morro homenageia os 70 Anos de Gerson King Combo


eflyer - Soul do Morro

Noite de celebração conta com a presença de um dos maiores nomes da música negra no Brasil

Em sua segunda edição o Soul do Morro, projeto capitaneado pelos DJs Jahnu, Thiagão, Xeréu e Yuga, homenageia um dos maiores ícones da música negra no Brasil: Gerson King Combo! A festa acontece no dia 14 de novembro, a partir das 22h00, na Quadra do GRES Cidade Jardim – Rua do Mercado, 150 – e conta ainda com as participações de Flávio Renegado, Cubanito (Black Sonora), Zaika dos Santos, DJ Black Josie e, claro, o próprio Gerson King Combo em pessoa, todos acompanhados pelo groove da banda Bantu Black. A celebração marca os 70 anos de vida do artista, entre os quais 50 são dedicados à música.

Referência black

 “O Gerson é o nosso James Brown”, afirma com veemência o DJ Yuga, um dos responsáveis pela organização do evento. A comparação com o mestre do funk tem suas razões. Influência para representantes de gêneros como o rap, o soul e o funk carioca, Gerson Cortes (seu nome de batismo) foi integrante da banda Renato e Seus Blue Caps, dançarino no programa Jovem Guarda, de Roberto e Erasmo Carlos, um dos fundadores da Banda Black Rio e acompanhou Wilson Simonal em turnês internacionais. Mas foi sob a alcunha de Gerson King Combo (em homenagem à banda King Curtis Combo), que ele se tornou uma das principais referências do movimento soul no país. Autor de clássicos como “Os dez mandamentos Blacks” e “Funk Brother Soul”, King Combo foi regravado pela banda mineira Berimbrown, sampleado pelos brazilieneses do Câmbio Negro além de ser constantemente referenciado por um sem número de artistas em todo o país, incluindo nomes como Marcelo D2, Paula Lima e B Negão.

Soul do Morro: “na subida do morro é diferente”

Essa é a segunda edição do Soul do Morro, festa inspirada nos tradicionais bailes blacks dos anos 70 que, anteriormente, homenageou outro ícone do funk, o velho “síndico” Tim Maia. O projeto surgiu a partir da junção entre Black Broder e Original Sundays, duas das principais festas dedicadas à Black Music em Belo Horizonte. Enquanto a primeira bebe da fonte do funk, soul e suas variações, a segunda tem inspiração na cultura jamaicana do Sound System e ambas, por consequência, trazem forte relação com o hip-hop. A ideia da junção dos dois projetos em uma noite especial não é por acaso, e reforça as afinidades evidentes entre as duas propostas. A exemplo da festa anterior, a noite reúne artistas de linguagens distintas, mas todos sob o prisma da música negra. 

Convidados especiais:

Flávio Renegado

Um dos trabalhos mais emblemáticos da atual cena mineira, Renegado agrega diversas sonoridades ao seu rap e já dividiu palcos com artistas como Bebel Gilberto, Rogério Flausino, Aline Calixto, Otto e Fernando Catatau.

Cubanito

O músico e mestre de cerimônia Rubem “Cubanito” Santillana faz a ponte entre o hip-hop e a sonoridade musical cubana. Além de integrante da Black Sonora ele faz parte de projetos como o Orquestra Cabaré, ao lado de outros artistas da capital mineira.

Zaika dos Santos

A cidade e o universo urbano são as principais fontes de inspiração da artista, que valoriza as diversidades sonoras da música contemporânea e mescla com as formas tradicionais, trazendo em suas composições referências da simbologia africana Adinkra, símbolos que representam provérbios e aforismos que refletem um sistema de valores humanos e universais como: • Família, integridade, tolerância, harmonia, amor, determinação, entre outros.

Black Josie

O sucesso dessa jovem DJ nas pistas é resultado de pesquisa intensa sobre a produção de “Música Preta Brasileira”, termo alusivo à sigla MPB – Música Popular Brasileira –, utilizado pela cantora Sandra de Sá para designar a “Black Music” feita no Brasil. Black Josie transita com desenvoltura pelo universo dos bailes, com um set que traz referências setentistas e atuais.

Bantu Black

Com o objetivo de aliar a música instrumental com a linguagem negra do Funk e do Soul, o Bantu Black traz no seu repertório releituras do Movimento Black dos anos 70 e da atualidade. A banda dará o tom da noite acompanhando o mestre Gerson King Combo e os demais convidados. 

Soul do Morro homenageia Gerson King Combo

Data:14/11/2013

Local: Escola de Samba Cidade Jardim

Endereço: Rua do Mercado 150 – Cidade Jardim

Ingressos: SYMPLA: www.sympla.com.br/souldomorro

https://www.facebook.com/souldomorro

Fonte: Rogério Dias / Assessoria de Imprensa: Aclive Comunicação e Projetos

Vinicius de Moraes é homenageado em espetáculo em NY


Infinite While It Lasts_poster

Boa tarde, 

O único grupo de teatro aqui de Nova York, Grupo .BR, está fazendo uma peça em homenagem ao Vinicius de Moraes, em comemoração ao seu centenário. Infinito Enquanto Dure é o nome do espetáculo.  

A estreia está marcada para o dia 14 de novembro. A produção transforma a poesia, textos e músicas de Vinicius em uma narrativa de cenas teatrais, danças e canções executadas por músicos ao vivo. Encenado em Português com legendas em inglês, a peça explora muitas fases do amor e como mergulhar nessas fases nos permite viver plenamente. 

O estilista Geová Rodrigues, cujas coleções já foram apresentadas na Nova York Fashion Week, assina o figurino do espetáculo. 

A Sônia Braga é madrinha do grupo e está apoiando a divulgação da peça por aqui. 

A missão do Grupo .BR é divulgar a cultura brasileira para o público internacional por meio das artes cênicas. O grupo utiliza o teatro físico para apresentar o trabalho dos mais renomados dramaturgos do Brasil. A companhia também tem como objetivo familiarizar o som da língua portuguesa e incorpora legendas em inglês para que os estrangeiros possam entender e se conectar a essas histórias.

Fonte: Larissa Gomes – BlaBlaBla PR Girls

Livro “Escolas de Líderes Sustentáveis” será lançado em São Paulo


Escolas1

Mais importante do que ser sustentável é ser capaz de mobilizar todos à sua volta no esforço por resultados sustentáveis. E é justamente esse o tema do novo livro do jornalista e consultor em sustentabilidade empresarial Ricardo Voltolini.

Baseado em relatos e depoimentos inspiradores de dez presidentes de grandes corporações que adotaram estratégias inteligentes de envolvimento e educação de seus líderes para a sustentabilidade, o livro Escolas de Líderes Sustentáveis (Campus-Elsevier) será lançado em 13 de novembro, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, a partir das 18h30, com a presença do autor para autógrafos. [...]

Saiba mais em http://www3.ethos.org.br/cedoc/livro-escolas-de-lideres-sustentaveis-sera-lancado-em-sao-paulo/#.UoErBkZTsdU

Lançamento do livro Escolas de Líderes Sustentáveis

Editora: Campus-Elsevier

Nº de Páginas: 248

Preço de Capa: R$ 59,90.

NOITE DE AUTÓGRAFOS

Quando: 13 de novembro, a partir das 18h30

Onde: Livraria Cultura – Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073 – São Paulo, SP).

Palestra: “Brincando de bonecas: uma reflexão sobre a polissemia das artes das Áfricas” – Marta Jardim (Sábado, 23 de novembro, às 10:00, entrada gratuita)


Fundação Ema Klabin

Com a perspectiva de salientar as variadas e polissêmicas noções de arte africana, pretende-se comparar a coleção de bonecas africanas da Fundação Ema Klabin com aquela da Killie Campbell Collection, de Durban, África do Sul. Por meio desse contraste, proporemos uma reflexão sobre as particulares formas de apropriação histórica da chamada arte africana. 

Marta Jardim é pesquisadora, colaboradora do Centro de Estudos Africanos da Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique. Pesquisadora CNPQ, Departamento de Antropologia, UNICAMP – Diversidade, Homogeneização e Conflito. Pós-Doc CEBRAP- (FAPESP), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e doutorado em Ciências Sociais- Antropologia pela Universidade Estadual de Campinas. Atua em: Etnografia e História das Práticas Artísticas e das Línguas das Áfricas; reprodução da família; hindus; Sul de Moçambique, (Kwa Zulu Natal) África do Sul.

 Palestra: “Brincando de bonecas: uma reflexão sobre a polissemia das artes das Áfricas”

Marta Jardim

Sábado, 23 de novembro às 10:00.

Entrada gratuita.

Fonte: http://emaklabin.org.br/noticias/palestra-brincando-de-bonecas-uma-reflexao-sobre-a-polissemia-das-artes-das-africas-marta-jardim-sabado-23-de-novembro-as-1000-entrada-gratuita/

Férias divertidas no Inhotim


Inhotim - logo

Na programação especial de férias do Inhotim, adultos e crianças poderão participar de várias ações como atividades lúdicas, visitas temáticas, atividades educacionais e apresentações culturais. Tudo isso, com foco em arte e na conscientização ambiental. 

Durante o mês de dezembro, os visitantes terão a oportunidade de participar de conversas nas galerias, visitas temáticas explorando o acervo botânico e artístico do Instituto e ainda conferir, no dia 7 de dezembro, a partir às 14h30, no Teatro do Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 

Já para as férias de janeiro, o Inhotim está programando a terceira edição da Colônia de Férias Pequenos Propositores. Desenvolvida pelas áreas de Arte e Educação e Educação Ambiental, a proposta é pensar e questionar o espaço do Inhotim através de atividades e brincadeiras enquanto os pais passeiam pelo parque.  Além disso, a programação cultural do Instituto prevê uma apresentação teatral nos dias 18 e 19 de janeiro. Neste final de semana, a Cia de Fiorini de teatro irá apresentar o espetáculo Teatro de Bonecos: Cordel de Papel, às 15 horas, embaixo da árvore Tamboril, no jardim do Inhotim. 

As entradas para o Inhotim custam R$28 (INTEIRA) e R$14 (MEIA) – Estudantes, idosos e funcionários da Vale pagam meia entrada, mediante apresentação de documentação. Os ingressos para a apresentação no Teatro Inhotim serão distribuídos por ordem de chegada, no local, 30 minutos antes do espetáculo. [...]

Veja a programação completa em  http://www.inhotim.org.br/index.php/noticia/view/854

Exposição: CAZUZA mostra sua cara – de 22/10/2013 a 23/02/2014


119_interno

Exposição do Museu da Língua Portuguesa, do Governo do Estado de São Paulo, que presta homenagem ao artista, ícone da rebeldia e da irreverência na música brasileira.
 
Rebelde e contestador, Cazuza encarnou a figura do jovem de sua época: vivia de forma intensa e queria mudar o mundo. Entretanto, soube como poucos transformar sentimentos e paixões em poesia. Seus versos fortes e sua personalidade irreverente marcaram a história da música brasileira e vêm influenciando gerações até hoje, 23 anos após sua morte. [...]

Leia a matéria completa em http://www.museulinguaportuguesa.org.br/exposicoes.php

Praça da Luz,  s/nº
Centro – São Paulo – SP
            (11) 3322-0080
museu@museulp.org.br

“Seminário Brasil, brasis” de novembro debate na ABL o tema “Manifestações populares: o diálogo necessário”


dest1315gr

O “Seminário Brasil, brasis” de novembro debate na Academia Brasileira de Letras o tema Manifestações populares: o diálogo necessário. A coordenação é do Acadêmico Cícero Sandroni, e os palestrantes são a Acadêmica Rosiska Darcy de Oliveira, o coronel da PM Íbis Pereira e o escritor Frei Betto. O evento está programado para o dia 14 de novembro, quinta-feira, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., na Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

Saiba mais em http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=15552&sid=960

Série “MPB na ABL” de novembro apresenta espetáculo com a cantora e compositora Zélia Duncan


dest1316gr

Série “MPB na ABL” de novembro 2013 apresentará espetáculo com a cantora e compositora Zélia Duncan. O show terá ainda a participação do jornalista e musicólogo Ricardo Cravo Albin, responsável por um bate-papo informal com o público. O evento está programado para o dia 13, quarta-feira, às 12h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., 280 lugares, Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

Saiba mais em http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=15536&sid=960

Acadêmico Candido Mendes de Almeida fará a terceira palestra do ciclo “Século XXI: paradigmas em crise”, da ABL


dest1317gr

 

O Acadêmico, professor e sociólogo Candido Mendes de Almeida fará a terceira palestra, Da universalidade à diferença, do ciclo “Século XXI: paradigmas em crise”, sob coordenação da Acadêmica Rosiska Darcy de Oliveira, na terça-feira, dia 12 de novembro, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

O ciclo terá mais uma conferência, Filosofia natural da complexidade, dia 19, com Luiz Alberto Oliveira.

Saiba mais em http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=15539&sid=960

UFMG: Seminário sobre saúde do idoso tem participação de professora da Universidade de Nova York


idoso

Nesta segunda-feira, 11, e terça-feira, dia 12, às 14h, a professora da New York University Madeline Naegle participará do simpósio sobre saúde do idoso no auditório da Pós-graduação da Escola de Enfermagem.

O primeiro dia terá como tema a depressão e o uso de drogas em idosos. Já na terça-feira o assunto em pauta será o estilo de vida, sexualidade e uso de drogas em pessoas idosas.

Madeline Naegle é reconhecida nacionalmente e internacionalmente pelo desenvolvimento de programa, publicações e implantação de políticas nas especialidades de enfermagem psiquiátrica e de dependência química.

O simpósio é organizado pelos professores Sônia Maria Soares e Eline Lima Borges, coordenadoras do Núcleo de Estudos em Cuidado e Desenvolvimento Humano, e Francisco Carlos Félix Lana, coordenador do Colegiado de Pós-Graduação.

A atividade é gratuita e as inscrições devem ser feitas até o primeiro dia de evento no Centro de Extensão (Cenex) da Escola de Enfermagem por meio do telefone 3409-9831 ou pelo e-mail cenex@enf.ufmg.br. A Escola de Enfermagem fica na avenida Alfredo Balena, 190, 1º andar, Santa Efigênia.

Fonte: https://www.ufmg.br/online/arquivos/030833.shtml

Leia também:

7º Congresso Mineiro de Neurocirurgia


logo

Uberlândia vai sediar o VII Congresso Mineiro de Neurocirurgia, no Center Convention, de 7 a 9 de novembro, com o tema “Neurocirurgia Segura, Sabedoria, Experiência e Estado da Arte”. Com espaço propício para o compartilhamento de experiências, dificuldades e resultados na área, os participantes também vão debater temas relacionados ao exercício da neurocirurgia em Minas e no Brasil.

A programação está repleta de novidades e dividida em três temas centrais: Traumas Crânio Encefálico e a Neurointensivismo, que abordará temas relacionados aos acidentes, principalmente os de trânsito, que é hoje a principal causa de mortalidade e morbidade entre a população jovem mais ativa, entre 16 e 30 anos de idade; Neurooncologia, que envolve tratamento dos tumores do Sistema Nervoso Central e por último os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), caracterizados como a principal causa de morte no Brasil, na população acima de 45 anos. [...]

Saiba mais em http://www.dirco.ufu.br/node/5281

ou

http://www.neuromg.com.br/

Curso de Filosofia/UFU promove Colóquio Internacional sobre o Pensamento Oriental: Budismo e Filosofia


A-minha-Corujinha

Augusto Ikeda (Estagiário de graduação)

O curso de Filosofia da UFU promove, dos dias 11 a 13 de novembro, o Colóquio Internacional sobre o Pensamento Oriental: Budismo e Filosofia. As atividades acontecem no auditório A do bloco 5O do Campus Santa Mônica.

O evento, organizado em conjunto com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), tem como objetivo promover os estudos sobre o pensamento oriental e estudar filosoficamente o budismo.

O coordenador do evento na UFU, professor Alcino Bonella, afirma que a escolha deste tema foi por conta de o budismo ser uma importante fonte da filosofia oriental, e assim discuti-lo com especialistas da área.

Alguns participantes de destaque são os professores Gereon Kopf, da Luther College, nos Estados Unidos; Agustín Jacinto Zavala, do El Colégio de Michoacán, no México; Giuseppe Ferraro e Leonardo Vieira da UFMG e Antônio Florentino Neto, da Unicamp.

As inscrições no site do colóquio já se encerraram. Porém, quem quiser participar das atividades basta fazer a inscrição no próprio local do evento.

Saiba mais em http://www.ufu.br/

UFU: Seminário sobre economia industrial abre inscrições a partir de 11 de novembro


945953_671800369515870_425483202_a

Ana Beatriz Tuma (Estagiária de graduação)

Estarão abertas entre os dias 11 de novembro e 2 de dezembro as inscrições para o XIV Seminário de Economia, Reinventando a modernização: indústria e desenvolvimento para o século XXI. O evento, promovido pelo Instituto de Economia (IE), acontecerá de 2 a 5 de dezembro, no Campus Santa Mônica.   

Para quem se interessar em submeter artigos científicos, o prazo é até o dia 18 de novembro. Os trabalhos não precisam ter a mesma temática do evento, que é a economia industrial, e serão publicados em anais com ISBN.

O XIV Seminário tem a finalidade de promover a integração política entre os universitários e a comunidade externa, além de aprofundar a discussão de diversas temáticas relacionadas a economia industrial. 

As inscrições têm o valor de R$15,00 e devem ser feitas na sala do Programa de Educação Tutorial (PET) da Economia, nº 157, bloco 1J, Campus Santa Mônica. Haverá emissão de certificados.

O edital para submissão dos artigos e mais informações encontram-se disponíveis no site  http://seminariodeeconomia.wix.com/xivseminario#!submissao/c1psh e no Facebook do evento https://www.facebook.com/seminarioeconomia.

Fonte: http://www.dirco.ufu.br/node/5300

 

Café Controverso discute o tema “Museus para quem?”


cafe_nov_9_digital

Os museus assumem diversas funções no mundo atual da cultura e da ciência. Seja exercitando nossas memórias ou despertando nossa curiosidade, o campo dos museus se abre com sensações, ideias e imagens que representam parte do nosso patrimônio comum. Mas, quem frequenta os museus? Para quem eles são construídos? Essas perguntas servem de ponto de partida para o Café Controverso “Museus para quem?”.

Às 11h, no Café do Espaço do Conhecimento UFMG, debatem o assunto o Presidente da Fundação Municipal de Cultura, Leônidas Oliveira, e o diretor e curador do MUQUIFU (Museu dos Quilombos e Favelas Urbanos), Padre Mauro Silva. A entrada do evento é gratuita.

Para Leônidas Oliveira, os museus contemporâneos devem funcionar como amplos centros culturais, atraindo ações para além da prática expositiva e guarda de acervos, ampliando o potencial de atração do interesse público. “Os museus contemporâneos devem ser museus dinâmicos, interpretativos e interativos. No entanto, é importante salientar que mesmo com esse novo aspecto, o de ser um centro de convergência de atividades culturais, os museus devem ser fieis a sua missão original, a de guarda do acervo material que as diversas áreas e manifestações humanas foram juntando através dos tempos”, afirma.  

Já Padre Mauro Silva vai trazer para o debate sua experiência com o MUQUIFU, problematizando o papel dos museus enquanto lugar de resistência e preservação da memória de grupos socialmente marginalizados. O MUQUIFU foi criado com a missão de resgatar a história e preservar o patrimônio cultural das comunidades que estão sendo removidas pelo programa de urbanização de favelas atualmente em curso em BH. Para Pe. Mauro, ele reivindica um tipo diferente de interatividade e de preservação da memória: “a grande diferença do MUQUIFU é que sua existência convida o morador da favela a trazer sua história, e os moradores se encantam porque  achavam que museu era uma coisa para guardar o que não serve mais. É uma interatividade diferente, porque ele também é construído pelo que a comunidade traz.”

Café Controverso – Museus para quem?

Data:  09 de novembro, 11h

Local: Espaço do Conhecimento UFMG – Circuito Cultural Praça da Liberdade

Entrada Franca

Mais informações: www.espacodoconhecimento.org.br

Fonte: Tamira Marinho

Espaço do Conhecimento UFMG participa do Seminário Internacional Som+Memória


 

cartaz_3.indd

De 9 a 14 de Novembro o Espaço do Conhecimento vai participar da programação do Seminário Internacional Som e Memória: Paisagens Sonoras da Cidade, promovido pelo GRISsom, grupo de pesquisa da UFMG que se dedica à pesquisa das produções simbólicas do som, do ruído e da canção.

            O conceito do evento surgiu das discussões, pesquisas e produções técnicas desenvolvidas pelo grupo. Questionamentos em torno das temáticas da linguagem e paisagem sonora, canção, performance e memória levaram à proposição das atividades do seminário que busca ampliar os debates do grupo e estabelecer um diálogo com outros pesquisadores da área. Além do diálogo acadêmico, a programação do evento promove o acesso a produções artísticas que suscitam a reflexão acerca do som como lugar de memória privilegiado, convidando o público (re)descobrir e (re)significar os sons da cidade.

As atividades do Seminário Internacional Som e Memória: Paisagens Sonoras da Cidade no Espaço do Conhecimento UFMG serão gratuitas e abertas ao público.

Confira a programação: 

Exposição “Performances da Memória”

Fachada Digital

9 a 13 de novembro, 19h30 às 22h

O livro Performances da Memória” reúne 14 autores, que, a partir de suas próprias práticas e teorias, trazem diferentes perspectivas sob o estudo da memória. Organizada pela artista e pesquisadora, Monica Toledo, a obra se divide entre os temas Corpo, Tecnologia, Lugar e Fantasia. O perfil dos autores é tão distinto, quanto os temas da memória abordados: artes plásticas, cênicas, digitais, neurociência, psicanálise, psicologia, arquitetura, literatura, cinema e tecnologia, fundando um corpo crítico, teórico e artístico dos estudos da memória.

De 9 a 13 de Novembro a fachada Digital do Espaço do Conhecimento UFMG receberá obras de artistas que participaram da obra, entre as 19h30 e 22h.  

Lançamento do livro “Performances da Memória”

Café do Espaço do Conhecimento

14 de novembro, 18h às 21h

O livro “Performances da Memória” tem organização de Mônica Toledo, artista e pesquisadora do cinema e do corpo, que investiga as narrativas e performances audiovisuais em mídias diversas. Lecionou em cursos de graduação em cinema e rádio tv no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, entre outros. Mestre e Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Pós doutoranda e professora convidada no curso de Comunicação – Mídias e Linguagens da FAFICH/ UFMG (bolsa REUNI).

Participaram como escritores Julia Panadés, Juliana Moraes, Mônica Ribeiro, Monica Toledo, Edileusa Santiago, Helio Herbst, Maria Luisa Magalhães, Sergio Kal, Carlos Falci, Chico Marinho, Luciana Andrade, Marcus Bastos, Guilherme Massara, Nísio Teixeira e Nuno Manna.

Serenata ao Luar

Fachada Digital

14 de novembro, 19h30 às 22h

Transmissão ao vivo de imagens da Lua feitas pelo telescópio do Espaço do Conhecimento UFMG, embaladas por uma seleção de músicas inspiradas, ou que homenageiam o satélite natural da Terra. 

Palestra “Radioastronomia: Ondas astronômicas”

5° andar do museu

14 de novembro, 19h

Palestrantes: Leonardo Marques Soares (Física – UFMG), do Núcleo de Astronomia do Espaço do Conhecimento UFMG e Francisco Pazzini Couto, professor licenciado em Física e Mestre em Educação pela UFMG.

O estudo das ondas tem um grande destaque na história do conhecimento. Dois sentidos humanos, a audição e a visão, também estão ligados a elas- a audição se relaciona às ondas mecânicas e a visão, às ondas eletromagnéticas. Na palestra ministrada pelos professores Leonardo Soares e Francisco Pazzini, será abordada  a natureza das ondas mecânicas e eletromagnéticas, apresentando suas semelhanças e diferenças, e sua relação com a observação do universo. Com linguagem acessível e com exemplos práticos o professor vai  trazer algumas aplicações do estudo de ondas na astronomia: telescópios de interferência, lentes gravitacionais e heliosismologia.

O som das estrelas

Planetário

14 de novembro, sessões às 20h, 20h20, 20h40.

Apresentação no planetário com um catálogo dos sons de estrelas, quasares e outros fenômenos, obtidos através da tecnologia de radioastronomia, em que os astrônomos usam radiotelescópios para receber em ondas eletromagnéticas outras informações sobre corpos espaciais que não sejam apenas imagens.

As senhas para o planetário devem ser retiradas na recepção do Espaço do Conhecimento UFMG, a partir de uma hora antes do início das sessões.

Mais informações e a programação completa do Seminário Internacional Som e Memória: Paisagens Sonoras da Cidade no blog do evento: http://sommaismemoria.wordpress.com/

O Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes através da utilização de recursos museais. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Espaço do Conhecimento é fruto da parceria entre a UFMG, o Governo de Minas e a operadora TIM. O Espaço conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG e com o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – CODEMIG.

Mais informações: www.espacodoconhecimento.org.br

Fonte: Tamira Marinho

Espaço do Conhecimento UFMG: Universo Curioso – Palestras sobre Astronomia


UniversoCurioso_ Palestras de Astronomia

O que causa o efeito da Aurora Boreal? Como são formados os buracos negros? De onde vêm as estrelas cadentes? Essas e outras questões serão abordadas no ciclo de encontros Universo Curioso – Palestras sobre astronomia, com temas que tratam desde os fenômenos cósmicos e sua relação com o planeta, até a natureza dos corpos celestes.

O professor Leonardo Marques Soares, responsável pela organização do evento, explica que os temas foram definidos a partir de perguntas feitas durantes as sessões do planetário e terraço astronômico do Espaço do Conhecimento UFMG. “Os palestrantes foram escolhidos com base em suas respectivas áreas de especialização e a partir dos temas suscitados nas conversas com os visitantes,” conclui.

As palestras são gratuitas e serão realizadas às quintas-feiras, nos dias 07, 14, 21 e 28 de novembro, com encerramento no dia 19 de dezembro, de 19h30 as 21h00, no quinto andar do Espaço do Conhecimento UFMG.

 

Programação:

07/11 – Asteroides Rasantes à Terra: Temos que nos preocupar?

Palestrante: Cristóvão Jacques – Astrônomo amador e membro do CEAMIG (Centro de Estudo Astronômicos de Minas Gerais)

A possibilidade de impactos de asteroides com a Terra é, há muito tempo, fonte de preocupação entre pesquisadores e cientistas. A partir dos anos 1990 aumentaram os esforços no sentido de prever choques de objetos com mais de 1 km de diâmetro. A palestra apresentará dados sobre as reais possibilidades de impacto e como é feito o trabalho de busca de corpos celestes com possibilidades de colisão.

 

14/11 Radioastronomia: Ondas Astronômicas

Palestrantes: Francisco Pazzini – Professor de Física

Leonardo Marques Soares – Núcleo de astronomia do Espaço do Conhecimento UFMG e Professor de Física

 

O estudo das ondas tem um grande destaque na história do conhecimento. Dois sentidos humanos, a audição e a visão, também estão ligados a elas- a audição se relaciona às ondas mecânicas e a visão, às ondas eletromagnéticas. Na palestra ministrada pelos professores Francisco Pazzini e Leonardo Soares, será abordada  a natureza das ondas mecânicas e eletromagnéticas, apresentando suas semelhanças e diferenças, e sua relação com a observação do universo. Com linguagem acessível os professores trarão exemplos práticos do estudo de ondas na astronomia: telescópios de interferência e lentes gravitacionais.

 

21/11 – O Reino das Galáxias

Palestrante: Domingos Soares– Astrônomo e Professor do Departamento de Física da UFMG

A consciência de que vivemos num sistema de estrelas chamado de “galáxia”, termo que origina-se da palavra grega para “leitoso”, só foi consolidada durante a década de 1920, ou seja, há menos de 100 anos. Existem, além da nossa, centenas de bilhões de outros agrupamentos estelares no universo, constituindo um verdadeiro “reino das galáxias”. O professor Domingos Soares abordará alguns aspectos deste reino especialmente os detalhes e personagens importantes que levaram à sua descoberta.

 

28/11 – Cosmologia Moderna

Palestrante: Domingos Soares– Astrônomo e Professor do Departamento de Física da UFMG

Cosmologia é o ramo da astronomia que estuda a estrutura e a evolução do universo a partir da observação científica. A cosmologia moderna, também conhecida como a “cosmologia do universo em expansão”, surgiu na década 1920 sugerindo um modelo não estático do universo, ou seja, o cosmos em constante movimento desde a sua criação. Albert Einstein e Edwin Hubble são dois dos maiores expoentes dessa teoria e suas ideias serão a base para as discussões apresentadas pelo professor Domingos Soares. Segundo o professor, o problema físico colocado pela cosmologia está em aberto, e a expansão do universo não foi “descoberta”, como frequentemente se afirma.  

 

19/12 – O Sol e as Tempestades Solares

Palestrante: Maria Cristina Rabello Soares – Professora do Departamento de Física da UFMG e Astrônoma

Tempestade solar é o nome dado ao distúrbio provocado por explosões na superfície do Sol. Como resultado, porções maciças de radiação e partículas eletricamente carregadas atingem a atmosfera terrestre, podendo causar danos a satélites, aparelhos de navegação e sobrecarga na rede elétrica, entre outros transtornos. Com o desenvolvimento tecnológico, a sociedade se vê cada vez mais afetada pelas tempestades. A professora Maria Cristina Rabello traz informações sobre este fenômeno e sobre as técnicas desenvolvidas para a sua observação.

Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes através da utilização de recursos museais. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Espaço do Conhecimento é fruto da parceria entre a UFMG, o Governo de Minas e a operadora TIM. O Espaço conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG e com o patrocínio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – CODEMIG.  

 

UNIVERSO CURIOSO – PALESTRAS SOBRE ASTRONOMIA

Datas: 7,14, 21 e 28 de novembro e 19 de dezembro, no quinto andar do Espaço do Conhecimento (Praça da Liberdade s/n)

Às quintas-feiras – 19h30 às 21h00

Entrada gratuita

Mais informações: www.espacodoconhecimento.org.br

 

Fonte: Rogério Dias – Espaço do Conhecimento UFMG

Sinpro Arte inaugura a exposição Estereótipo Cúbico‏


Sinpro Arte inaugura a exposição Estereótipo Cúbico‏

O Sinpro Arte, projeto do Sindicato dos Professores de escolas particulares,  inaugura no dia 4 de novembro, às 18 horas, no Sinpro Minas (Rua Jaime Gomes, 198 – Floresta – BH) a exposição Estereótipo Cúbico, do artista plástico Elias de Sevla. A exposição pode ser visitada gratuitamente até o dia 20/12, de segunda à sexta, de 8h às 18h. As obras são  desenvolvidas a partir de uma análise do momento atual com predominância no cubismo. Os quadros são em óleo sobre tela e acrílico, feitos com o uso de texturas e materiais naturais 

O artista plástico Elias de Sevla nasceu na cidade de Governador Valadares. Pintor autodidata, tutor de artes visuais pela Universidade Federal de Minas Gerais e professor de artes visuais em escola municipal. É representante valadarense como artista plástico e é reconhecido pela Associação Internacional dos Artistas Plásticos – AIAP (UNESCO/Paris), pela Associação Internacional de Artes – AIA e pela Academia Nacional de Artes Plásticas. Expôs em vários locais no Brasil e também no exterior, com obras expostas permanentemente no museu Javier de la Rosa nas Ilhas Canárias – Espanha.  

Inauguração da exposição

Sinpro Minas | 04 de novembro de 2013 – 18h

Rua Jaime Gomes, 198 – Floresta – BH

Seg a sex – de 8h às 18h  

Mais informações: Aerton de Paulo – Diretor – (31) 8731-5141

Fonte: contato@sinprominas.org.br 

Orquestra de Câmara da ECA/USP se apresenta no MASP com grandes nomes do violão


QUEM_T~1

Do Jornal da USP

A Orquestra de Câmara da Escola de Comunicações e Artes (Ocam) da USP participa de dois concertos que integram a programação do Festival Internacional de Violão Leo Brouwer, nos dias 6 e 8 de novembro. Com atividades artísticas e acadêmicas, o festival traz a São Paulo grandes violonistas para recitais, concertos, palestras e masterclasses. Nesta quarta edição do evento, quem toca ao lado da Ocam são os músicos Sérgio e Odair Assad, Jorge Caballero e David Russell.[...]

Saiba mais em http://www5.usp.br/35755/orquestra-de-camara-da-eca-se-apresenta-no-masp-com-grandes-nomes-do-violao/